REVIEW | LÁPIS DE BOCA DA QUEM DISSE, BERENICE?

lapis (1 de 4)

Esse lápis aí da esquerda, o Vinhê, foi meu favorito de outubro, vocês lembram? E não é à toa, eu estou muito apaixonada pelos lápis de boca da Quem Disse, Berenice?

Eu adoro um batom de longa duração, mas a maioria é tão desconfortável, né? Nem vou entrar no mérito dos batons líquidos craquelentos, mas até mesmo os batons mattes da MAC, que eu uso demais, você fica o tempo todo sentindo que tem um batom na sua boca e, quando vai comer ou beber, faz a maior bagunça. Numa ocasião mais especial eu não me importo tanto com isso, mas no dia-a-dia dá preguiça, né?

Foi para resolver esse problema que os lápis de boca da Quem Disse, Berenice? entraram na minha vida. Eu vou ser sincera, não experimentei muitos lápis de boca por enquanto, essa é uma coisa nova pra mim. Por isso, não posso fazer muitas comparações, nem afirmar que esses são os melhores do mercado. Mas, posso dizer que a minha experiência com eles foi muito boa.

São basicamente dois pontos que me fazem amar esses produtos:

  • Eles duram o dia inteiro! Não saem com comida, não saem com bebida, não saem no guardanapo, não saem por nada.
  • Eles são confortáveis! Você simplesmente não consegue sentir nada na sua boca, eles ficam sequinhos e é como se não existissem.

O único probleminha que eu tenho com esses lápis, que já comentei no vídeo de favoritos de outubro, é que eles são um pouco cintilantes. Mas, numa boa, consigo superar.

Rosê

Rosê

Vinhê

Vinhê

Vermelhô

Vermelhô

Compartilhe:
Comente
Comente pelo Facebook
Deixe um comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.