COMO É TER UM PUG

tito (2 de 2)

Resolvi resumir em 10 tópicos essa experiência maravilhosa que é ter um pug em casa! :)

  1. Eles são muito apegados e amorosos. O Tito nunca está longe da gente, ele nos segue pela casa inteira e toda noite dorme na nossa cama. Dá para sentir o tamanho da tristeza dele quando a gente sai de casa e, quando a gente volta, é uma festa!
  2. Eles são bastante agitados. O Tito é um cachorro que adora brincar e correr, por isso é preciso ter um certo pique para acompanhar. É claro que ele era mais agitado quando filhote, mas hoje ele está com quase 3 anos e adorando correr atrás de uma bolinha.
  3. Eles são muito comilões. Você já viu um pug magro? Pois é, não existe. Se você deixar, eles vão comer 24 horas por dia. E, quando você está comendo, eles ficam te olhando com essa carinha de triste, implorando um pedacinho. É difícil resistir! Mas é preciso regrar a comida, já que os pugs têm uma enorme tendência à obesidade e, isso combinado com os problemas de respiração, pode resultar numa péssima qualidade de vida.
  4. Sim, eles têm problema de respiração. Esse focinho achatado complica a vida dos pugs, tadinhos. Por isso eles precisam fazer exercício físico constantemente, para não ficar completamente sem fôlego.
  5. Eles também podem ter problemas com os olhos. Os olhos de um pug são saltados pra fora, por isso ficam mais expostos e sensíveis. O Tito vive com conjuntivite e acabou de ter uma úlcera na córnea.
  6. Eles soltam bastante pelo. Eu sei que o pelo é curtinho, mas não se engane, ele cai bastante. Eu, que só uso roupa preta, tenho que viver com aqueles rolos adesivos. Já raspamos o pelo do Tito uma vez e solucionou o problema. Mas no inverno dá dó de raspar, né? :/
  7. Eles roncam. Sim, se você vai dormir com um pug se prepare para aguentar muito ronco durante a noite.
  8. Eles quase não latem. Isso vai depender muito do pug, mas a característica geral da raça é de latir bem pouco. O Tito nem sabe latir muito bem. O latido dele é quase um choro e acontece raramente.
  9. Eles se dão muito bem com qualquer animal e qualquer pessoa. O Tito adora outros cachorros e gatos e quer brincar com qualquer pessoa que chegue lá em casa. É amigável demais.
  10. Eles são obedientes. O Tito não é o cachorro mais inteligente do mundo, mas ele costuma aprender quase tudo que a gente ensina (principalmente se rolar comida como recompensa). Ele aprendeu bem rápido a fazer xixi no jornal, sentar, etc. E se você falar “não”, ele para o que está fazendo na hora.
Compartilhe:
Comente
Comente pelo Facebook
Deixe um comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.